Caros leitores, vocês irão encontrar artigos diversos e ter o prazer de desfrutar nesse universo democrático que é o Espaço Livre.
Sita-se a vontade para postar comentários, enviar mensagens, perguntas, dar sugestões e fazer críticas.

07 janeiro 2010

Torpedo

O dia me castiga,
Estou aflita

O tempo não passa
Olho o ponteiro do relógio
Parece que para

Os segundos e minutos,
Uma tortura,
A hora não passa

Ansiosa,
Não vejo a hora;
Do sol se pôr
A noite chegar
Nos encontrar
Em nosso ninho de amor

Mas a hora não passa
E eu aqui sedenta
Por...
Você


(Vamso respeitar os direitos autorais)
Fabiana Cruz Salvador-Ba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

obrigado pelo comentário